terça-feira, 18 de setembro de 2012

Só um desabafo, mesmo.
Eu tô cansada de gente que age como criança, fica se fazendo de vítima e fazendo mimi. Sério, essas são coisas que eu suporto numa pessoa durante acho que, no máximo, uma semana. Por uma época, eu aguentei muito, agora, não aguento mais.
As pessoas tem prioridades estranhas hoje em dia. Se afastam dos melhores amigos do nada, sem motivos, sem nem haver uma briga no meio de tudo. Passam a agir estranho...
E eu cansei disso.
Não vou mais me preocupar e correr atrás. Por mais que doa muitas vezes em mim a atitude das pessoas, eu cansei.

Na verdade, tô cansando das pessoas, num geral.

Sabe o que falta? Falta elas terem coisas mais sérias para se preocupar, um tanque de roupas pra lavar e uma pilha de livros para estudar.
Falta responsabilidade.

Cresçam, por favor.

Conto do dia (17/set)

Duas alunas, durante uma aula de Química, sem mais aguentar a professora falando e bravas por já não terem entrado na última aula, resolveram se vingar, visto que o calor já havia afetado seus cérebros na área de humor e personalidade. Assim, colocaram algumas gotas de fenolftaleína em um pequeno frasco e guardaram. Mais tarde, a professora saiu da sala por uns instantes, deixando sua garrafa d'água em cima da mesa.
No dia seguinte, não houve aula, pois a professora sentia uma estranha dor de barriga e não conseguia entender o porquê...



Esse conto foi escrito durante uma aula de Química e é fruto da imaginação da autora. Qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência. Não tente fazer isso em casa.

sábado, 1 de setembro de 2012

She will be loved

Cansei de postar aqui só de vez em quando, agora vou passar a postar sempre, e não só contos e minhas revoltas, mas coisas um pouquinho mais normais.
Faz bem, né?

Hoje vou postar um vídeo aqui, o que anda sendo minha música do momento/da idade. Sabe, aquela coisa de você ter 17 e cantar That Girl e Seventeen Forever com muito mais emoção e etc.
Enfim.
No começo desse ano, fui convidada pra ir no show do Maroon 5. Não, eu não iria ganhar o ingresso. E quando vi o preço, que parecia mais uma bela facada no meu coração, eu broxei e desisti de ir. Acontece que eu viciei no CD novo deles, Overexposed e não parava de ouvir. E quanto mais eu ouvia, mais perto do show ficava, e mais eu me arrependia de não ter feito um esforço.
Anyway, domingo, o lindo do Terra transmitiu o show ao vivo e eu assisti como se eu estivesse lá. Gritei, cantei, dancei, chorei... Sim, all by myself in my room. E eu fixei uma coisa na mente: o próximo show eu vou e não há quem me segure. Adam, segure firme que eu já tô indo!
Contudo, meu coração bateu bem mais forte quando ouvi aquele Beauty queen of only eighteen. Bateu tão mais forte que eu já comecei a chorar, arrepiei e gritei.


E eu achei engraçado não só pelos eighteen, mas todo o resto da letra me tocou como não tinha tocado antes, sabe?

Look for the girl with the broken smile,
Ask her if she wants to stay a while
And she will be loved

Foi uma coisa tão... Seilá, eu juro que não consigo explicar. Mas depois de tanta coisa, essa música só me fez chorar mais e mais, enquanto quinhentos mil pensamentos passavam por mim.
Eu só sei que agora essa música tem um sentido totalmente diferente pra mim, e eu quero chorar toda vez que eu ouço; ela é linda, e eu precisava compartilhar com vocês.
Além disso, se alguém quiser ver o show completo, clica aqui, porque alguém foi lindo, gravou e botou no YouTube. Preciso baixar pra ficar ouvindo o resto da vida.

Só sei que depois desse show, eu só quero uma coisa da minha vida. Veeeeeem, Adam!