sábado, 5 de outubro de 2013

Escrevo e ponto.

"Tempo passa
Passa depressa
E nada consigo por em
palavras
No papel
Esses sentimentos
Pensamentos abstratos
Tão confusos quanto
[Dentro de mim]
furacão.
" - Proença, L.

"Escrevo. E pronto.
Escrevo porque preciso,
preciso porque sou tonto.
Ninguém tem nada com isso.
Escrevo porque amanhece,
e as estrelas lá no céu
lembram letras no papel,
quando o poema anoitece.
A aranha tece teias
O peixe beija e morde o que vê
Eu escrevo apenas. Tem que ter por quê?" - Leminski, P.
Situações desconfortáveis
[Brigas?]
Tempo perdido ou
Compreensão adquirida.
Tudo passa, o tempo cura
Perdoa-se, mas não se esquece.
as diferenças fazem parte
Ame as discordâncias
Desconfie das semelhanças.


- Aulas produtivas.

Love by Leminski

"Coração é coisa rara,
Coisa que a gente acha
E é melhor encher a cara."

"Amor, então,
também, acaba?
Não, que eu saiba.
O que eu sei
é que se transforma
numa matéria-prima
que a vida se encarrega
de transformar em raiva.
Ou em rima."

"Sorte no jogo
Azar no amor
de que me serve
sorte no amor
se o amor é um jogo
e o jogo não é meu forte,
meu amor?"

terça-feira, 1 de outubro de 2013

Lies

Better run for cover, you're a hurricane full of lies, and the way you're heading no one's getting out alive.

So do us all a favor?

Would you find somebody else to blame, cause your words are like bullets and i'm the way your weapons aim.


I guess I can fill a book with things I don't know about you, baby. You're not misunderstood, but you've got to go.

(Lies, lies, lies)

McFLY - Lies