segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Exposição.


Furacão de pensamentos e confusão;
você, seu cheiro, seu toque.
Alvorada voraz invade meu corpo,
deitado junto ao seu.
Toques, pernas, mãos e braços.
Cheiros e bocas se misturam.
Rostos em êxstase.
Palavras não ditas,
sentimentos expostos.
Uma exposição
de linguagem própria,
sem precisar maiores interpretações,
maiores traduções.
Apenas eu e você.
Expostos, lado a lado.
Um só.

Nenhum comentário:

Postar um comentário